Em Foco, Palatorium Walshiano 0

Palatorium walshiano: de 7 de Junho a 6 de Julho


Palas frescas, fresquinhas? Columbus (2017) do coreano Kogonada; o novo do Gus Vant Sant, Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot (Não Te Preocupes, Não Irá Longe a Pé, 2018), que parece que deu molho; Reformed (No Coração da Escuridão, 2018) de Paul Schrader que quem viu diz que é mesmo buédebom; as valentes guardionas de Xavier Beauvois; os chiliques de terror de Hereditary (2018) de Ari Aster; a bola preta para o “já se estava mesmo mesmo a ver” Jeepers Creepers 3 (2017) de Victor Salva; o filme-tese de Filipa César, Speel Reel (2017);o western da Valéria; e o menino dos cavalinhos, Lean on Pete (2017) de Andrew Haigh. Depois,  a cerejita no topo do bolo é Beyoncé bailando no Louvre, ou lá o que é.


Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe uma resposta