Toivon tuolla puolen (The Other Side of Hope, 2017) de Aki Kaurismäki
Em Foco, Palatorium Walshiano 0

Palatorium walshiano: de 18 de Outubro a 6 de Novembro


Chega-se ao princípio de Novembro e o panorama de cinema é alegre para as vistas walshianas. O destaque, naturalmente, vai para o novo filme de Aki Kaurismäki,  Toivon tuolla puolen (O Outro Lado da Esperança, 2017). Mas também há grande consenso em redor de The Love Witch (A Feiticeira do Amor, 2016) de Anna Biller, que o nosso Carlos Alberto Carrilho entrevistou recentemente, e de Nos Interstícios da Realidade – O Cinema de António de Macedo (2016) de João Monteiro, sobre o qual dedicou Luís Mendonça a sua última crónica. Também novos no Palatorium, mas menos consensuais, os filmes de André Techiné, Gabe Klinger e Arnaud Desplechin. De terras lusas (ou aproximadas) há grande desapontamento perante Peregrinação (2017) de João Botelho, As Rosas de Ermera (2017) de Luís Filipe Rocha e Tous les rêves du monde (2017) de Laurence Ferreira Barbosa. Entre o mau e o péssimo ficam The Big Sick (2017), Jigsaw (2017) e The Snowman (2017). Por fim, o intruso da tabela, Os Dilemas de Sophia que versa sobre uma manobra de relações públicas da Arábia Saudita com o seu robot “de inteligência artificial”, Sophia. Boa degustação.


Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe uma resposta