Em Foco, Palatorium Walshiano 0

Palatorium walshiano: de 17 de Setembro a 15 de Outubro


Oferecemos palas – muitas – a um dos filmes do ano: João Bénard da Costa: Outros Amarão as Coisas Que Eu Amei (2014) de Manuel Mozos. O À pala de Walsh rende-se a esta reflexão profunda sobre a vida, a morte, a fé e o cinema. É impossível pensar-se este ano de cinema sem se passar por aqui. Outra estreia que antecipamos é o mais recente thriller do canadiano Denis Villeneuve, Sicario (Sicario – Infiltrado, 2015), viagem à guerra subterrânea contra o narcotráfico, guiada por uma hipnótica Emily Blunt. Confirma-se ainda uma tendência neste novo Palatorium: o Volume 2 inflacciona o número de palas em relação ao Volume 1 de As Mil e uma Noites de Miguel Gomes. Por fim, debruçamo-nos sobre um dos filmes mais desconcertantes da campanha eleitoral para as Legislativas, quando António Costa ainda não estava no centro da tempestade e parecia – com algum grau de presciência – ser chamado de “palhaço”. Uma questão de percepção; logo, uma questão do cinema.


Artigos relacionados

Sem Comentários

Deixe uma resposta